Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

28
Ago17

À Descoberta #6 - Flor do Cais

Há umas semanas esqueci-me da marmita em casa e fiquei para morrer. Por causa daqueles dias em que me fui deitar especialmente - e estupidamente - tarde, o meu corpo suplicou para que eu não pusesse o despertador para a hora normal, mas sim para quinze minutos mais tarde. Geralmente, quinze minutos não parecem nada, mas de manhã, especialmente durante a semana contam muito - para o bem e para o mal. Com isto quero dizer que se me soube pela vida aqueles quinze minutos a mais de sono, também é verdade que me fizeram muita falta na hora de me despachar para sair. 

 

Foi tudo a correr: vestir, casa de banho, pequeno almoço, calçar... e claro que tinha que ficar alguma coisa para trás. Para mal dos meus pecados, esse algo foi uma das maiores razões que eu tenho para sorrir durante a semana: a minha marmita. Quando me apercebi disso no autocarro juro que senti um ligeiro ardor nos olhos. Nem queria acreditar. E agora? pensava eu. Sim, tenho lá um Pingo Doce perto do trabalho, mas já tinha ido lá dias antes e por isso não me estava propriamente a apetecer. Decidi "pedir" - como quem diz, exigir - ao meu Rapaz que fossemos almoçar juntos. 

 

A primeira coisa que tivemos que ter em consideração na escolha do restaurante foi em que parte da cidade queríamos almoçar. Eu trabalho numa ponta de Lisboa e ele noutra, por isso a melhor hipótese seria encontrarmo-nos a meio caminho. Destino escolhido: Cais do Sodré. Depois, era altura de escolher o sítio propriamente dito, que é a tarefa mais difícil de todas. Fomos ao Zomato e foi uma troca incessante de sítios que nos pareciam bem, que tinham boas pontuações, mas ou eram demasiado caros para um simples almoço em dia de trabalho ou então estavam fechados para férias. No meio de tanta oferta - mas ao mesmo tempo, tão pouca, para aquilo que procurávamos - o local escolhido acabou por ser o Flor do Cais. 

 

No Zomato tinha muito boas opiniões, pelas fotografias lá disponibilizadas paracia um local acolhedor, e o facto de ter comida portuguesa - daquela mesmo para se ficar, como dizia o meu avô, bem tratado - aos preços que apresentam foram as razões que nos fizeram optar por este restaurante. Outro bónus foi, obviamente, o facto de nenhum de nós os dois conhcermos o local. Fomos à descoberta e acabámos por ficar agradavelmente surpreendidos. 

 

Uma coisa que aprendi com esta experiência: o Zomato pode enganar. Se temos curiosidade de ir a determinado local ou se esse local nos chama a atenção, só vamos realmente saber como é a experiência de lá irmos se o fizermos efetivamente. Digo isto porque quando entrei no Flor do Cais e vi a decoração e mesmo toda a estrutura do espaço fiquei mesmo contente de termos escolhido lá ir. As fotografias no Zomato fazem o espaço parecer um demasiado escuro, mas na realidade a pedra das paredes não só dá um ar rústico a fazer lembrar aldeias do norte do país, como também trazem mais luz a um restaurante que não tem janelas - pelo menos, em que eu tenha reparado. 

 

20170809_121708527_iOS.jpg

 

No que toca a comida, não poderíamos ter pedido mais nada: começámos por uma dose de ovos mexidos com farinheira - somos dois fãs dessa iguaria. Quando vi a carta achei que o preço desta entrada, comparado com os dos pratos, era demasiado caro. No entanto, acabei por não ficar a chorar esse dinheiro porque para além do sabor e apresentação exemplares, era uma quantidade mais que suficiente para duas pessoas. 

 

20170809_123124482_iOS.jpg

O prato principal foi uma dose de secretos de porco (para ele) e uma dose de picanha (para mim). Em ambos os pratos não houve absolutamente nada de negativo a apontar. As quantidades, tanto de carne como de acompanhamentos eram o ideal, o sabor tinha tudo o que se espera deste tipo de pratos, e ambas as carnes estavam muito tenras e passadas nem mais nem menos do que a conta - pelo menos, para o nosso gosto pessoal. 

 

20170809_124454226_iOS.jpg20170809_124501895_iOS.jpg

20170809_124507953_iOS.jpg

 

No final, o preço foi também tudo o que estávamos à espera, e foi muito de encontro à média apontada no Zomato. Único ponto negativo que posso eventualmente apontar: o restaurante Flor do Cais é um restaurante pequeno, com muita afluência, sobretudo por se situar numa zona turística. Se este facto faz com que o espaço se torne acolhedor e cute, também é verdade que existem muitas mesas e, consequentemente, muita gente sentada ao mesmo tempo. O único aspeto negativo disto foi o facto de ter ficado com a roupa a cheirar um pouco a comida quando saí do estabelecimento, mas nada que não passasse até ao fim do dia. 

 

Fomos muito bem atendidos neste espaço, tanto na simpatia como também na rapidez, que é sempre tão importante em almoços durante a semana. Sendo que temos cerca de uma hora de almoço, contando com as deslocações até ao Cais do Sodré, o serviço foi rápido o suficiente para que não tenha sido necessário andarmos a correr para voltar aos locais de trabalho.

 

Foi uma excelênte aposta para um almoço rápido, mas de qualidade. Para nós, que estamos em pólos opostos da cidade, também calhou muito bem para ambas as partes. Com certeza iremos passar mais vezes no Flor do Cais e espero que também lá passem vocês. Alguém já lá foi? O que acharam? 

 

Bons restaurantes são (Sinónimo de) Carmezim.

Marta. 

3 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

ÚLTIMO VÍDEO

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal