Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

22
Jul17

A minha experiência no centro de emprego

Dia 21 de julho foi o dia em que me tornei oficialmente adulta: estou inscrita no centro de emprego. Se me perguntassem se o seria há uma semana atrás diria que ainda tinha tempo para o fazer. Mesmo ontem de manhã ainda achava o mesmo: que ainda tinha tempo para pensar nisso e para o fazer, talvez daqui a um mês ou dois. É impressionante a diferença que um simples telefonema pode fazer e na correria em que o mesmo telefonema pode pôr uma pessoa. 

 

Ontem, por volta das 11h30 da manhã nem pensava no centro de emprego. Ao meio dia, estava a pedir por favor a todos os santinhos que me enviassem um autoacarro que me levasse ao centro de emprego mais próximo porque, segundo o que me foi dito ao telefone, teria que me inscrever o mais rápido possível. 24 horas depois do início desta correria, estou inscrita... mas foi uma autêntica guerra, que envolveu várias batalhas perdidas. 

 

 

O problema começou com os transportes. É o que dá quando se trabalha num recanto escondido da cidade. Pensar logo em qual seria a forma mais rápida de chegar ao centro de emprego das Picoas: autocarro só, autocarro e metro, no metro qual a linha apanhar e mais umas quantas questões. Fiquei descansada q.b porque faltavam 4 minutos para um autocarro que ia até ao Marquês de Pombal e daí seria rápido. Claro que assim que entrei nesse autocarro foi feito o aviso que só iria até ao Rossio. Porra pá! Foi logo preciso reformular - como diz o meu pai - o plano de voo. 

 

Eventualmente - mesmo chegando ao fim do dia a deitar metro pelos olhos - lá cheguei ao destino: centro de emprego de Picoas. Entrei e tirei a minha senha. Para minha surpresa faltavam umas onze pessoas para ser atendida. Tive vontade de fazer uma festa, porque quando me apercebi que não podia evitar o centro de emprego, lembrei-me logo da minha experiência traumática no IMT, onde estive cerca de seis horas. A sala não estava especialmente cheia nem excessivamente barulhenta, estava tudo a correr dentro dos conformes, os números iam avançando e tinham o ar condicionado a trabalhar. Pensei logo que, afinal, nem era assim tão mau. 

 

Passado cerca de vinte minutos desde a minha chegada fui chamada. Dirigi-me a uma senhora que me recebeu com um grando sorriso e um ainda maior "Bom dia menina, diga por favor!" e isso fez-me também logo pensar em como o centro de emprego estava, lentamente, a tornar-se numa experiência realmente boa. Disse que tinha terminado o curso e que me queria inscrever. Com o mesmo sorriso disse-me "isso só é possível com marcação prévia, querida. Tem que marcar ali com o segurança." Percebi logo porque é que as pessoas estavam a passar ali tão rápido. Tendo em conta a urgência da minha inscrição, pensei "ok, mais tardar trato disto segunda de manhã, nada de grave." Fui ao segurança e disse que queria marcar para me inscrever. "Claro que sim, temos vagas a partir de dia 3 de agosto". Eu nem quero imaginar a cara que fiz para a senhora. Eu nem queria acreditar. Para melhorar, mandaram-me para a loja do cidadão das Laranjeiras porque lá não é por marcação, mas sim por senha. 

 

Não estando psicologicamente pronta para me enfiar em mais não sei quantos transportes públicos nem para estar mais tempo à espera, liguei para outro centro de emprego mais perto de casa. Três números para ligar, três números não atribuídos. Fiquei ali sem saber o que fazer até a minha mãe me ligar a dizer que tinha visto no site desse centro mais perto de casa que também lá se funcionava por marcação. Não podia fugir às Laranjeiras. 

 

Meia hora de metro e umas quantas mudanças de linha depois lá cheguei às Laranjeiras. Sim, não cheguei à loja do cidadão propriamente dita porque esse foi outro filme. Eu e o meu péssimo sentido de orientação andámos ali um bocado às aranhas, especialmente porque à saído do metro está um sinal enorme da loja do cidadão que nem sequer está na mesma rua em que este se situa. Quem não conheça aquilo - como eu - fica logo um bocado baralhado. Eventualmente lá cheguei. 

 

Tirei a senha e ia chorando de alegria. Eu era o próximo número a ser chamado. Pensei logo que o karma tinha tido pena de mim e me tinha dado esta alegria. Subi ao andar em que tratavam destes assuntos e confirmou-se: eu era a próxima. A respirar de alívio aguardei pela minha vez que rapidamente chegou. O que se seguiu passou-se mais ou menos assim:

 

- Boa tarde, queria fazer a minha inscrição no centro de emprego, por favor. 

- Não vai ser possível. 

- Desculpe? Eu terminei a minha licenciatura e preciso de fazer a minha inscrição com alguma urgência. 

- Estamos sem sistema informático há cerca de duas horas, não conseguimos fazer nada. Aconselho a que vá almoçar, beber um café e comer um gelado. Volte a tentar à tarde a ver se dá. Se não der, olhe, venha cá na segunda... ou na terça... ou na quarta. Pedimos desculpa. 

 

 carol burnett maid over it the carol burnett show head through a wall GIF

 

Olha amigo, podes mesmo pedir desculpa. A minha ansiedade começou logo aos gritos tipo sirene de ambulância. Só pensava na urgência com que precisava de estar inscrita e parecia que não me deixavam e que estava tudo a correr mal. Já para não falar do quão cansada já estava de toda a espera, de toda a correria. 

 

Que remédio tive eu senão seguir o conselho do senhor. Fiz tudo o que ele disse, menos comer o gelado, que eu agora preciso é de voltar aos treinos e não de uma dose extra de açucar. À tarde lá voltei e depois de várias confusões com o meu apelido - se era com S ou com Z, a discussão eterna nos serviços públicos por este país fora -, CONSEGUI! Eram 16h quando me consegui inscrever, com todos os precalços que foram aparecendo ao longo do dia. 

 

Não sei se a experiência foi boa ou má, só sei que deu para respirar de alívio e aproveitar um fim de semana sem nenhuma preocupação a tirar-me o sono nos únicos dois dias em que posso dormir. 

 

Ser adulta é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta

.

7 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal