Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

27
Mar17

Ainda sobre narizes entupidos

Aviso: este post pode conter algumas descrições bastantes visuais. Se por acaso estão a comer ou à espera de ler um texto bastante bonito, peço desculpa mas hoje não é o caso. Mesmo assim, fico genuinamente grata por terem aparecido cá hoje!

 

 

Como tinha partilhado neste post  há uns dias, apanhei daquelas constipações mesmo chatas, daquelas que nunca me lembro de ter tido. Nesse post, queixava-me de estar assim há 5 dias. Hoje queixo-me de estar assim há 15. É verdade, se escutarem com atenção, conseguem ouvir uma fungadela por detrás de cada palavra que escrevo. 

 

Depois das dores de garganta, que quase me puseram com a voz tal e qual o Olávo Bilac, se terem ido embora, o meu nariz por e simplesmente recusa-se a deixar-me respirar durante metade do dia. Na outra metade, abre a torneira sem aviso prévio, sem ver onde estou, e toca de começar a querer deixar cair as suas desagradáveis pingas - desagradáveis para mim e para os que estão à minha volta. 

 

Ora experimentem um dia fazer este teste: metro, linha verde, hora de ponta. Obviamente que nem sequer se conseguem chegar perto dos bancos, ficam logo ali à porta, apertadinhos apertadinhos - o Metropolitano de Lisboa zela pela saúde dos seus utilizadores e não quer que ninguém apanhe frio. Chegar ao "Deus das Moscas" para aproveitar o tempo de viagem para adiantar leitura? Isso é que era bom Marta, nem pensar que consegues sequer mexer esse braço. Bem, lá fico firme e hirta, como todos ali, de pescoço bem esticado para conseguir respirar - pela boca claro, porque o nariz parece a 24 de julho, fechado para obras já faz tempo. 

 

Viram a cabeça e eis que têm o azar de levar com uma manga de camisola bem quentinha, que deve ser até bem confortável, mas que vos faz uma comichão tremenda no nariz. "Porra, estou a sentir o espirro!" Com algum esforço, tento mexer o meu braço para amparar o estrago que se avizinha. "At....chiiiim" - tento ser o mais silenciosa possível. Olho para a minha manga e nem ponta de ranho. Nem mesmo a mais pequena gota de saliva. "Obrigada!", penso aliviada. 

 

Esse alívio durou cerca de 10 segundos. Apesar do espirro não ter sido forte o suficiente para deitar tudo cá para fora, teve o impacto suficiente para abrir a circulação no nariz. Começo a sentir as gotas pesadas a chegar. "Opá, não acredito!". Fungadela. O interior do meu nariz parece o Lumière naquela cena em que o LeFou lhe encosta uma tocha à cabeça feita de cera. Fungadela mais forte. "Consigo tirar um lenço da mala?" Que pergunta parva, Marta. Jamais! - até porque se conseguisses, sobre o que escreverias hoje no blog? Levo a palma da mão às portinhas das narinas para tentar evitar uma catástrofe muito desagradável para todos. Esfregadela rápida, sem ninguém ver, e é como pôr um penso rápido no problema. Caderno à frente do nariz para precaver quaisquer deslizes - literalmente. 

 

No meio de tanta luta, nem dei pelo tempo passar - foi a minha sorte. Passados poucos minutos, as portas abrem na minha estação e vou a correr para os bancos. Pego no lenço e expulso toda a porcaria de lá, tipo Teresa Guilherme na final do Love On Top. O alívio chega finalmente, mas só durante umas horas. As obras recomeçam entretanto e não há data prevista para terminarem. 

 

A isto, podemos juntar o mais recente sintoma: dores de cabeça de fazer chorar. A minha mãe e o meu Rapaz dizem que é de me assoar muito, de estar congestionada. Eu, pelo sim pelo não, vou ver o novo episódio de "Anatomia de Grey" para ver se aparece lá alguém com os mesmo sintomas que eu. 

 

Nariz ranhoso é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

4 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal