Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

24
Mai17

Banalização do mal

jjjjjj.jpg

 Desde muito pequena que gosto de música. Há vídeos meus cá em casa que mostram isso mesmo. Num dos meus preferidos apareço ainda sem saber andar, segurada pela minha mãe que me mantém de pé, dou às pernas que nem uma louca enquanto sorrio a ouvir O Calhambeque do Roberto Carlos. Depois cresci e comecei a cantarolar, adorava que me ouvissem cantar. Lembro-me de com os meus quatro anos o meu passatempo preferido ser ficar sentada numa cadeira em frente à aparelhagem, de headphones ligados à mesma, enquanto ouvia o álbum dos Silence Four. 

 

Dos Silence Four rapidamente passei para os Santa Maria - sim, eu sei, é estranho. Gostava de ficar a dançar e a cantar em frente à televisão e os meus momentos preferidos foram aqueles em que os Santa Maria iam ao Big Show SIC. Dançava como aquelas bailarinas meias descascadas e cantava "eu sei, tu és, a minha loucura... - e como não percebia o que ela dizia depois disso, acrescentava "... que cheira mal dos pés." Estas são algumas das melhores memórias que tenho da minha infância. 

 

 

Daqui até ir ao meu primeiro concerto foi um saltinho bem curto no tempo. Comecei a ouvir cada vez mais música em inglês, mesmo não compreendendo as letras, e comecei também a aperceber-me que quando chegava o verão eram várias as bandas que vinham a Portugal tocar. Houve um ano em que arrisquei tudo e pedi aos meus pais que me levassem ao então Pavilhão Atlântico. Como diz o Malato, já fui muito feliz no Pavilhão Atlântico. 

 

Eles disseram que sim. O meu pai levou-me a ver os Black Eyed Peas, a banda por quem estávamos completamente obsecados na altura, a mim e a mais três amigos - foi o pai mais fixe do ano lá na escola! Foi há doze anos, andávamos no quinto ano. Há coisa de dois anos tive um pequena discussão com alguém que me dizia não perceber como é que eu gastei tanto dinheiro em concerto, com o argumento "prefiro gastar em livros, são coisas que duram para sempre". Quando ouvi isso, ri-me. 

 

Lembro-me da sensação que tive na barriga quando entrei no Pavilhão Atlântico pela primeira vez. Não há adrenalina melhor para mim do que aquela que sinto quando corro, mais do que na realidade posso, só para conseguir um bom lugar. Não há emoção maior do que ver entrar aquele artista que há tanto queres ver, ali, à tua frente. Não há nada que dure mais do que memórias tão fortes como essas. 

 

Nunca tive medo dos atentados. Apesar de tudo o que tem acontecido, faço um esforço para não pensar demasiado nisso porque se assim não fosse, já ninguém saia de casa. Com o que aconteceu ontem... foi a primeira vez que senti medo de verdade. 

 

Desde há doze anos para cá que vou a concertos com muita regularidade. Neste momento tenho em exposição no meu quarto um placard com cinquenta e dois bilhetes de concertos. Começam com aquele popzinho de adolescentes, passei pela fase do metal e do hardcore, o hip-hop mais recentemente, os festivais e o jazz a ser uma constante ao longo dos anos. Cada um destes momentos foram dos mais felizes da minha vida. 

 

O que aconteceu em Manchester deixou-me especialmente abalada porque foi a primeira vez que senti que não fui eu porque não calhou. Eu iria àquele concerto, eu estaria lá, sobretudo se fosse há uns anos atrás Se calhar estavam lá meninas com 10, 11, 12, 13, 14 anos que estavam ali não só para o seu primeiro concerto como também para ver uma artista que certamente admiram. Tal como me aconteceu, o dia de ontem deveria ser guadado para sempre nas suas memórias. Nunca por estes motivos. Como disse hoje o Diogo Piçarra, "ninguém deveria ir a um concerto e nunca mais voltar"

 

O mal foi, oficialmente, banalizado. Digo oficialmente apenas e só para mim porque só agora é que me apercebi realmente do que se está a passar. Um bombista suicída no meio de crianças e adolescentes. O mal foi banalizado e hoje foi a primeira vez que me apercebi verdadeiramente disso. Nem sei bem o que dizer.

 

Isto nunca será (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

3 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal