Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

13
Jun17

De bradar "aos santos"!

 Em toda a minha vida fui duas vezes à noite de Santo António em Lisboa - ou como lhes chama toda a gente: "a noite dos santos". Só esta premissa já é errada. A expressão "noite dos santos" está no plural e por isso, remete para o dia 1 de novembro, também conhecido como "a noite de todos os santos". Logo aqui, dizer que vamos à noite d'"os santos" em junho, já é indício de algo errado. 

 

Na primeira vez que fui estava a atravessar o meu primeiro ano de faculdade e estanto a viver em Lisboa, era praticamente obrigatório ir "aos santos". Fui com um grupo de amigos e jurei para nunca mais. Nunca mais, naquele ano, porque no ano seguinte lá fui eu - parvalhona - arrastada para mais uma noite "dos santos". Já aqui vos falei de como, com os anos, tenho vindo a gostar cada vez mais de arraiais populares. No entanto, a noite "dos santos" em Lisboa é um arraial em esteróides e eu nunca fui adepta de substâncias ilícitas. 

 

 

Das vezes que fui só me lembro de andar - rua acima, rua abaixo, entre licenças e imperial entornada nos pés, à espera de um sítio onde desse para, no mínimo, não começarmos a levitar. Às vezes era isso que acontecia: ficávamos tão apertados que a própria multidão nos levantava do chão e nós - que remédio - íamos para onde a multidão nos levasse. Nisto, rezem para não se perderem para sempre do vosso grupo de amigos. 

 

Note-se que eu adoro confusão. Adoro sítios com muita gente, adoro dançar, cantar e beber uns copos... mas epá, de todas essas coisas que acabei de enumerar, "nos santos" só a primeira é que é verdade. Para as outras, não há espaço que chegue. 

 

Esta noite de Lisboa tem o mesmo poblema que o Carnaval de Torres começou a ter há uns anos: a publicidade. Há uns anos é que aquilo devia ser bom, só com as pessoas de lá a festejar as marchas dos seus bairros. Sem grandes filas e com mais espaço para dançar uma modinha esticó-braço. Enquanto isto, em Torres Vedras, toda a gente vinha mascarada. Ninguém queria armar confusão, só queriam sambar. 

 

Provavelmente alguém de Lisboa não percebe como é que alguém consegue aguentar uma noite no Carnaval de Torres da mesma maneira que eu não entendo a piada de estar uma noite inteira a desviar-se de um monte de pessoas na rua da Bica - que tem as escadas mais inclinadas da capital. Tendo isto em conta, podíamos dizer que cada um tem a sua, mas estaria a mentir. Anda tudo misturado e se por um lado ajuda no negócio, (quase) estraga a festa a quem vai a um lado e a outro, (quase) desde que nasceu. 

 

No final, se calhar tudo isto é apenas dor de cotovelo por ontem ter andado toda a gente nos copos e eu a escrever um trabalho final. 

 

Não gostar de estar em casa é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

P.S - Pelos vistos, também já estou no Bloglovin e não percebo nada disto. No entanto, até lá, vão-me seguindo que eu agradeço muito. Isso, e que alguém me explique como se mexe nisto. 

Follow my blog with Bloglovin

 

8 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal