Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

13
Jan18

Então e o Salvador?

Que veio para casa? Parece que estou a falar disto assim um bocadinho do nada, mas se eu costumo escrever aqui sobre as coisas que me deixam, no mínimo, satisfeita, então porque não também falar sobre isto? Esta semana, a par de Get Out ter finalmente saído vencedor de uma cerimónia de prémios, a notícia de que o nosso querido Salvador Sobral teve alta do hospital. 

 

Lembram-se dos posts que fiz sobre a sua vitória na Eurovisão e sobre a música Amar Pelos Dois? Daqui a nada faz um mês que escrevi essas palavras e digo-vos que se fosse hoje iria escrever as mesmíssimas coisas. Sobretudo se falarmos da Amar Pelos Dois, continuo a acreditar que vai ser uma música que vou cantar para adormecer os meus filhos e acredito também que será uma das fortes concorrentes para a minha primeira dança no meu casamento - mas essa vai ser uma decisão mais complicada. 

 

Esta história do Salvador, da vitória, desta música e da doença do Salvador parece que também ela foi escrita por alguém. Agora, que tudo parece estar a correr da melhor maneira possível, até chega a ser poético. A pessoa que cantava sobre um coração capaz de amar por dois, amou tanto que precisou de um novo. Isto teria sido muito triste se tivesse corrido mal, mas mesmo aí ia parecer que estava tudo alinhado: ele tinha que fazer aquilo, tinha que ganhar e depois sim, foi tratar do resto. 

 

O que nunca falei aqui foi do que descobri depois de me ter apaixonado pela Amar Pelos Dois e pela voz do Salvador. Nunca vos contei também que a minha praia é o jazz. É a formação que tenho e a música que canto há mais anos na minha vida é o Summertime da Ella Fitzgerald. Um dos meus artistas de referência é o meu fofinho Jamie Cullum e sempre que me imagino num palco, idealmente, tenho ao meu lado instrumentos de sopro, um piano, uma bateria e um contrabaixo. 

 

Acho que também é por isso que me senti automaticamente atraída pelos toques do Salvador quando toca e quando canta e quando escreve. Apesar de ouvir muito jazz, confesso que sempre ouvi mais jazz "lá de fora", tirando talvez, a própria Luísa Sobral. Mas o Salvador... nunca tinha ouvido. Mal sabia eu que, depois de descobrir o Amar Pelos Dois, iria descobrir o Jamie Cullum português. 

 

Já não vos vou implorar que ouçam o seu álbum no Spotify. Acho sinceramente que era um grande favor que faziam a vocês próprios, mas eu não estou a dizer nada! Peço-vos outra coisa. Peço-vos que vejam este vídeo que descobri há umas semanas e que tenho visto quase todos os dias desde que mo mostraram. Mas vejam do início ao fim. Para além de ouvirem uma das músicas mais bonitas do bonito Salvador, podem também ouvi-lo a cantar para dentro do piano. E olhem que isto não é uma metáfora - ele canta mesmo para dentro do piano, projetando a voz sem precisar de microfone. 

 

Curiosamente, é essa parte inicial que tanta gente acha estranha que eu acho absolutamente mágica. Acho sinceramente que se tivesse tido a honra de assistir a este concerto, me teria desfeito em lágrimas. Mas mais uma vez, isso posso ser só eu que adoro este rapaz, adoro a sua música, adoro jazz... e sou uma chorona. 

Bem-vindo de volta, querido Salvador!

 

Salvador Sobral é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

A Marta

Sinonimo de Carmezim

ÚLTIMO VÍDEO

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal