Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

24
Jul17

Karma, és tu??

 

Isto não anda mesmo nada fácil. Se no final da semana passada andei a correr para ser oficialmente adulta - que é, como quem diz, inscrever-me no centro de emprego - hoje a coisa não foi melhor. Ainda são só 10h30 da manhã, por isso imaginem. É engraçado ver como, às vezes, parece que há alguma coisa que nos diz que as coisas não vão correr como nós queremos - o que não quer dizer que seja necessariamente mau - logo à primeira tentativa.

 

Hoje era dia de ir tratar de outra coisa de adulto: a inscrição no mestrado. Durante o fim de semana refleti sobre as cadeiras a escolher para o primeiro semestre, li tudo o que havia para ler sobre propinas e juntei todo o papel e mais algum para correr tudo bem no momento da inscrição. Queria só despachar isto e não pensar mais em inscrições e burocracias chatas até setembro, quando começassem as aulas. Como diz o outro, "era o querias!".

 

 

A coisa começou logo a cheirar a esquesito ontem à noite. Desde que comecei a trabalhar que ando, consequentemente, mais cansada e por isso dormir deixou de ser um problema. Mesmo que aproveite o domingo para dormir até tarde, à noite tenho sempre sono. Ontem não. Andei às voltas e mais voltas na cama. A partir das 4 da manhã acordei de hora a hora com medo de adormecer. Ora tinha calor, ora tinha frio. Até sonhei que levava um enxerto de porrada de uma estranha na noite da Ericeira, por isso imaginem.

 

Quando o despertador tocou, lá acordei e fiz tudo como faço normalmente. Às 7 horas e 7 minutos saí de casa, também como é costume. Cheguei à paregem de autocarro às 7h13 para apanhar o autocarro das 7h20 que, no máximo, se atrasa dois ou três minutos. Hoje fiquei lá a ver os minutos passar, sozinha, como se tivesse sido a única que não foi avisada de que o autocarro ficou doente ou algo do género. Simplesmente não apareceu. Estive cerca de meia hora na paragem até aparecer um autocarro que fosse. Escusado será dizer que ia ao barrote, com direito a discussão acesa entre uma senhora e o motorista. Uma maravilha.

 

Chegado a Lisboa foi hora de ir à nova faculdade encontrar o local das inscrições. Encontrei-o facilmente, mas lá colado na parede pediam para ir consultar os horários aos respetivos departamentos antes de fazer inscrição. "Ok, tudo bem, mas e agora onde é o departamento?". Encontrei um papel afixado que fazia referência ao sexto andar. SEXTO! Lá fomos nós.... pelas escadas. Com gotinhas de suor a querer aparecer na testa, disseram muito educadamente que os horários estavam afixados no primeiro andar. PRIMEIRO! De onde tínhamos acabado de sair. Assim, realmente, não é preciso pagar ginásio, basta pagar propinas.

 

Lá encontrámos os horários e vi que o meu mestrado é em pós-laboral. Notícia perfeita sobretudo depois dos desenvolvimentos da semana passada. Estava tudo orientado para, finalmente, fazer a minha inscrição e não ter que me preocupar mais com filas nem burocracias. Às 9h30m os serviços académicos abriram e eu fui a primeira no núcleo de mestrados.

 

Toda contente mostrei os comprovativos todos de pedido e pagamento do diploma, porque enfim, pagamos propinas, pagamos os papéis e mesmo assim temos que esperar dois meses até que eles nos cheguem às mãos. Visto que as incrições no mestrado terminam antes do papel propriamente dito chegar, teve que ser assim. O que se passou a seguir resumiu-se a:

 

- Não posso aceitar esses papéis.

- Desculpe? Como não? Está aqui a dizer que paguei, que está pedido e isso só é possível porque terminei o curso.

- Certo, mas só nos deixam fazer a inscrição com o diploma propriamente dito. Fica com a vaga reservada até ter o diploma.

 

 dog what omg scared confused GIF

 

Ora, conhecendo a faculdade em que me licenciei, lá para dezembro - estilo prendinha do pai natal - devo ter o diploma nas mãos. Disse-me para não me preocupar, que a minha vaga é minha mesmo depois do final das inscrições. Estas coisas funcionam tão bem, tão bem, tão bem, que até me custa a achar que a minha vaga vai ficar assim tão reservada. Está difícil de respirar de alívio.

 

Burocracias inúteis não são (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

5 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

ÚLTIMO VÍDEO

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal