Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

04
Abr17

Pior que um casal de noivos

Este era o post por que estava ansiosa para partilhar com vocês. Estou certa que alguns de vocês ainda estão lembrados que vos contei que este e o próximo mês são muito importantes na minha família porque em maio, o meu irmão vai casar-se! - Óscars ao pé deste evento são para meninos. Falei-vos aqui da saga que tem sido para encontrar a mala perfeita. Sabia que queria uma mala rosa forte porque decidi adotar o color block com o meu vestido vermelho - e aqui, precisamente nesta parte, peço-vos que imaginem aquele som de fita a rebobinar. 

 

No sábado passado, não cabia em mim de entusiasmo. Era dia da prova do vestido de noiva, do fato do noivo e de ver finalmente o vestido que eu tinha mandando vir, na cor vermelha. Fomos almoçar e já só pensava no quanto queria olhar para o vestido maravilhoso da minha cunhada - e de ver se o ginásio tinha realmente feito alguma coisa ao meu irmão. O rapaz anda empenhado. 

 

 

Quando chegámos à loja - a Libra Noivas, nas Caldas da Rainha - estremeci. Olhei para os cabides dos vestidos de cerimónia e saltaram-me logo dois à vista que não estavam lá quando escolhi o meu. Um dele até tinha uma saia enorme, mesmo de princesa. "Ai o caraças... tu não me digas...." pensei eu já a transpirar de nervos por todos os lados. 

 

Fomos para a sala de provas, o meu irmão num lado e a minha cunhada no outro. Eu, claro, fui fazendo as minhas reportagens, a filmar um e outro. Na sala das senhoras, começámos - claro - pela noiva. E digo-vos meus amigos, possívelmente vou partilhar algumas fotos do dia do casamento, porque aquele vestido merece ser visto por tudo o que é ser humano. Ridículo, genial, maravilhoso - e não digo mais nada, porque o meu irmão de vez em quanto vem cá ver o que escrevo. Fiquei de lágrima, tal e qual o primeiro dia em que ela o vestiu. Depois dela, foi a mãe da noiva, que também se apaixonou por um. Depois foi a minha mãe, que experimentou o vestido que tinha já escolhido há uns meses, só para ver se ficava bem com os sapatos que comprou - linda, maravilhosa. Depois foi a minha vez. 

 

Meia tímida - porque a Sónia, a senhora que nos tem acompanhado nesta maluqueira, tinha mandando vir aquele de propósito para mim - pedi por favor para experimentar os dois que me tinham saltado à vista lá em baixo na loja. Descrevi-os e ela lá foi. Pedi para os vestir antes de vestir o meu, porque era só para tirar dali a ideia. 

 

Ela aparece com os três cabides, e aquele tal da saia de princesa é ainda mais lindo do que eu tinha pensado. De corte clássico, mas com uma cor arrojada e com um estampado de flores lindíssimo, com decote em v atrás e à frente... digno de uma passadeira vermelha. Vesti-o e ia caindo para o lado. Assentava que nem uma luva e fez suspirar toda a gente - até a noiva lhe deu 10/10! Mas não era aquele o meu. E era quase o dobro do preço do meu. "Vá, vá, vá, tirem-me isto que não o posso ver mais."

 

Vesti o meu, num vermelho ainda mais bonito do que imaginei. As costas, maravilhosas! Os agachamentos fizeram realmente efeito, porque num formato sereia tive mesmo que me sentir orgulhosa de mim. Depois virei-me de frente para o espelho... e foi aí que tudo descambou. Era a coisa mais simples do mundo. Sem ponta de WOW! - coisa de que eu preciso mesmo para gostar de alguma coisa. Eu tentei gostar, porque enfim, tinha sido mandado vir para mim. Até que a Sónia me diz, com a maior descontração de sempre "Mas ainda está a tempo de mudar, se quiser!" e eu fiquei com cara de parva a olhar para ela. Quiçá tenha deitado uma lágrima enquanto pensava "O que tu me foste dizer...!" E foi aqui que a coisa descambou outra vez.

 

Depois desta notícia que me levara às lágrima, foi trazer vestidos e mais vestidos. De todas as cores e feitios. Até já estava a experimentar coisas que não eram o que eu tinha em mente. Chamei o noivo, o pai, e o tio que iam entrando e saindo da sala para dar opinião. Depois, o meu irmão gostava de tudo o que não me dizia nada. Depois chamaram-me a atenção para os "vestidos-de-irmã-do-noivo" e "vestidos-de-convidada-normal". A complicação mais divertida em que já estive metida. 

 

Ao fim de talvez duas horas, com a minha mãe exausta e a minha cunhada quase a deitar-se no chão de telemóvel na mão para tirar fotos de todos os ângulos e mais alguns, olhei à minha volta e vi que já tinha experimentado mais vestidos que a noiva e o noivo juntos. Reduzi a escolha a dois. Lindos, escandalosos mas muito diferentes. O meu pai lá deu o empurrão que precisava - se até o meu pai gosta, é porque é esse! 

 

Vim para casa radiante. Estupidamente radiante. Olho para o escolhido todos os dias. Se se estão a perguntar onde estava o meu Rapaz no meio disto tudo, não estava. Quer que o vestido seja surpresa. Ou queria, porque fui ter com ele tão feliz que quase o obriguei a ver. Para a próxima prova ele vai também, só para ver se chora um bocadinho. Estou tentada a pôr aqui algumas fotos para ver se adivinham qual escolhi. 

 

Uma pista: tenho a certeza que a Cate Blanchet o usaria, sem espinhas. 

 

Cinderela é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

3 comentários

Comentar post

A Marta

Sinonimo de Carmezim

ÚLTIMO VÍDEO

@mcarmeziim

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal