Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

31
Jan18

Tem muito que se lhe escreva!

B74F4154-E3F6-44AF-B85E-B8702F64EA45.jpg

 

Esta semana o meu blog faz UM ANO. Parece mentira e não poderia estar mais orgulhosa de ainda me sentar para escrever e sentir o mesmo que sentia na primeira semana. Acho que é uma daquelas coisas que, na prática, me mostram mesmo como cresci. Não é só uma sensação que tenho - há coisas no mundo real que me mostram que cresci, e sentir o que sinto com este blog, um ano depois, é mais uma confirmação. Digo isto porque costumava desistir de tudo. Entusiasmava-me imenso com as coisas, dava tudo durante um mês e depois já não tinha mais nada para dar. 

17
Jan18

Um contributo para o individualismo?

O título pode parecer confuso, mas acreditem que tudo isto tem uma razão de ser. A pergunta que podem ler no título deste post foi uma questão que levantei a mim própria ontem à noite e que ainda não me saiu da cabeça desde então. Tenho estado a refletir sobre isto e sobre o que eu ando aqui a fazer, especialmente aqui no blog - eu sei, ando muito pensativa, realmente. E depois são vocês que me aturam. Adiante. 

 

A semana passada falei-vos aqui sobre um dos meus programas preferidos atualmente, que ainda por cima é produto nacional - Fugiram de Casa de Seus Pais. O programa de Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso é uma das minhas formas preferidas de passar aqueles 40 minutinhos à terça à noite. Como tal, ontem foi dia de assistir a mais uns minutos de conversa entre estes dois senhores que eu tanto gosto. E foi basicamente por causa desta conversa e do que foi lá falado que eu fiquei a pensar nisto. 

 

 

11
Jan18

Um trabalho na mão ou dois a voar?

Sabem quando estamos com aqueles dilemas mesmo mesmo grandes? Aqueles que nos fazem perder o sono quando nos deitamos à noite e que nos fazem ficar a olhar para o nada durante o dia, completamente perdidos nos nossos pensamentos? Aqueles dilemas que são tão grandes, tão grandes, que ficamos excessivamente baralhados ao ponto de acabar por não fazer nada de nada?

 

Pois. É o caso. Ando completamente baralhada e detesto esta sensação. Sempre sofri do grande defeito de pensar demasiado nas coisas. Com o tempo, isso acabou por dar origem a outro traço de personalidade que tanto pode ser uma grande qualidade, como um defeito incapacitante: tenho que ter um objetivo. Não gosto de estar a trabalhar sem ter um objetivo bem definido no horizonte. Não gosto de estar a fazer as coisas sem saber exatamente porque é que as estou a fazer. Isso quase que me dá mais ansiedade do que este dilema que vos falo hoje. 

 

 

22
Dez17

"Pasito à pasito" eu chego lá!

São 16h27. Estou com dores de barriga há pelo menos duas horas e o meu estômado só dá voltas e mais voltas. Apesar do frio estou a transpirar enquanto tenho as mãos e os pés gelados. Devem estar aí a pensar que pelos meus sintomas poderiam pensar que estou com um gripe, que estou terrivelmente doente e logo a dois dias do natal. Desenganem-se: é só uma carga de nervos gigante a sair-me de cima dos ombros. 

 

Eu torturo-me com nervos. Cada vez tenho mais a certeza disso. Passei as duas últimas horas a pensar em tudo o que poderia correr mal na minha primeira chamada via skype. Chamada não: entrevista, daí tantos nervos, porque se fosse para ver a carinha laroca do meu Rapaz o meu estômago não estava neste estado lastimável.

 

 

06
Dez17

Paleo cenas

Vocês vão-me desculpar, mas vão ter que aturar esta minha semana mais complicada em que a questão do meu aumento de peso não me sai da cabeça. Acreditem, não é que não tenha mais tema nenhum para escrever - aliás, entrámos em Dezembro e eu ainda nem sequer fiz UM POST mais natalício -, mas digamos que toda esta situação me apanhou um bocadinho de surpresa. 

 

Para melhorar tudo, tenho estado doente e por isso nem sequer tenho ido ao ginásio. Hoje já fui vestir o equipamento e tudo que é para não ter maneira de fugir. Hoje tenho que ir sem falta, se não a minha paranoia vai aumentar consideravelmente. Na companhia da minha tosse de cão e do meu nariz ranhoso, tenho passado os últimos dois dias a ler muito sobre dietas e alimentação no geral. Uma coisa vos digo: é assustador. Todos nós já sabemos que uma das coisas mais fáceis do mundo é depersarmo-nos no mundo online, mas ultimamente as minhas pesquisas têm caído pelos buracos mais negros. 

 

06
Nov17

E quando pensamos em desistir?

É verdade, isso aconteceu. É tão verdade quanto aquela coisa do "nunca digas nunca", que também é uma parte importante de toda esta história. Quando eu era pequena fui daquelas crianças que começou a falar muito cedo. Se ver uma pessoa de estatura pequena a falar é sempre engraçado e às vezes surpreendente, muito mais engraçado se tornava quando eu começava a tentar falar como os adultos. 

 

Só para verem, até me lembro de uma vez ter perguntado à minha mãe se podia usar a palavra "felizmente" ou se se iam rir de mim porque era "palavra de adulto"! - mas não é dessa vez que vos quero falar. Quero-vos falar duma ocasião em que estava a almoçar cá em casa, à mesa, com os meus pais e o meu irmão. Lembro-me de vermos uma notícia que falava dos chumbos no ensino superior e lembro-me de ter dito que não compreendia como aquilo seria possível. O meu irmão respondeu-me logo que claro que aquilo era possível porque a faculdade é muito difícil e aí eu expliquei-me melhor: "pode ser mais difícil, mas a faculdade não é obrigatória. Se só vai para lá quem quer, não deveriam haver tantos chumbos." 

 

 

Sinonimo de Carmezim

Sou a Marta e gosto de escrever umas coisas de vez em quando.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.