Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

10
Jan18

E porque não escrever ficção?

Até rimei. O título deste post é um pensamento que me tem vindo à cabeça várias vezes ao dia nas últimas semanas, sobretudo deste o final do ano. Tal como partilhei com vocês, eu também sofro um bocado daquela tendência que a maior parte das pessoas sofre de olhar o novo ano como uma verdadeira oportunidade para fazer algo novo, para deixar de ter medo de fazer coisas novas. É psicológico, mas resulta muito bem. 

 

Nas últimas semanas tenho, literalmente, passado os dias a escrever. Nunca pensei que pudesse dar-me a esse luxo. Ou escrevo emails, ou escrevo no blog ou escrevo para o Espalha-Factos. Nos emails escrevo coisas de trabalho, para tentar preparar umas coisas giras aqui para o blog; no blog, escrevo o que vocês sabem: sobre o que gosto, o que não gosto, sobre mim; para o Espalha-Factos escrevo notícias, escrevo críticas, tudo em torno do tema que mais gosto no mundo: cultura. Todos os meus dias têm sido passados em redor de palavras e têm sido dias em que me sinto completa. 

 

Quando decidi que, em termos académicos, queria seguir um caminho mais ligado à cultura também soube logo que não queria deixar a comunicação totalmente de lado. Essas também foi uma das razões para ter criado este blog e agora ainda mais, desde que me juntei à equipa do Espalha-Factos. Há quase um ano que treno diariamente a minha escrita e a minha criatividade - porque mesmo quando falo de mim sinto que tenho que ser minimamente criativa para vos contar as coisas de uma maneira que vocês gostem de ler. 

 

Por essa razão tenho dado por mim muitas vezes a pensar em começar a escrever ficção. Quando era mais nova era tudo o que eu escrevia, mas sinceramente, com muito pouca qualidade. Não tinha regras na minha escrita e acima de tudo, eu própria não tinha regras: obrigava-me a escrever, mesmo quando não me apetecia, recriava histórias que conhecia por outras palavras e, obviamente, rapidamente me desmotivava e deixava as coisas de lado. Passado uns meses, lá tentava outra vez, mas acabava por ser tudo igual. 

 

Agora, sinto-me um bocadinho mais preparada para fazer algo do género. Não que tenha uma ideia concreta do que gostaria de fazer, mas também não me vou meter em frente ao computador e obrigar-me a escrever a história mais banal do mundo. Dessas vezes em que tentei escrever ficção tentava sempre escrever o típico romance entre adolescentes, aquela coisa que, sendo assolapada, não era nenhum Amor de Perdição. Hoje, quando me imagino a escrever ficção parece que dou por mim a pender mais para o lado da fantasia, acreditam?

 

out of inspiration GIF

 

Culpo as séries que comecei a ver, culpo a minha licenciatura que me deu a conhecer tantas obras fantásticas... do fantástico. A verdade é que, em 80% das vezes que esta questão aparece é isso que me imagino a escrever. Não precisam de ter medo: mesmo que acabe por arriscar - o que é bem possível - não estou a pensar publicar no blog. Sei que muita gente faz isso, uma vez por semana lança "um capítulo" de alguma história que ande a escrever, mas não me vejo a fazer isso aqui. 

 

Se calhar, se tentar escrever ficção, vai ser o pedaço de escrita que guardo para mim. Neste momento, estou felicíssima por poder passar os meus dias a escrever para os outros, a comunicar com os outros - se eu contasse isto à Marta pequenina, ela ia passar-se! -, mas se calhar também não faria mal escrever para mim. E se calhar vai ser ficção. Vamos ver. 

E vocês, leitores que escrevem, alguma vez se aventuraram a escrever sobre as histórias que aparecem de vez em quando nas vossas cabeças, com personagens fictícias? Contem-me tudo! 

 

Escrever ficção pode vir a ser (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

 

4 comentários

Comentar post

Sinonimo de Carmezim

Por detrás deste blog está a Marta. Com 23 anos, saloia de gema, criou este cantinho onde vão poder encontrar tudo o que é sinónimo da sua pessoa.

ÚLTIMO VÍDEO

instagram

Find me on facebook

Parcerias

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.