Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(Sinónimo de) Carmezim

(Sinónimo de) Carmezim

31
Jan18

Tem muito que se lhe escreva!

B74F4154-E3F6-44AF-B85E-B8702F64EA45.jpg

 

Esta semana o meu blog faz UM ANO. Parece mentira e não poderia estar mais orgulhosa de ainda me sentar para escrever e sentir o mesmo que sentia na primeira semana. Acho que é uma daquelas coisas que, na prática, me mostram mesmo como cresci. Não é só uma sensação que tenho - há coisas no mundo real que me mostram que cresci, e sentir o que sinto com este blog, um ano depois, é mais uma confirmação. Digo isto porque costumava desistir de tudo. Entusiasmava-me imenso com as coisas, dava tudo durante um mês e depois já não tinha mais nada para dar. 

Ultimamente tenho visitado muitos blogs novos. Basicamente, tenho andado numa pesquisa intensiva de novas pessoas para seguir, trabalhos interessantes com os quais me identifique, novas plataformas, e novas ideias. Não que esteja farta das pessoas que sigo - se vos sigo é porque vos adoro! Aliás, tenho tantas subscrições entre blogs e canais de YouTube que se ainda me desse ao trabalho de subscrever o trabalho de pessoas com as quais não me identifico, o meu computador explodia. Queria simplesmente estar ligada a mais pessoas que façam o mesmo que eu. E foi aqui que eu comecei a pensar mais sobre isto. 

 

Eu sigo blogs e canais sobre os mais variados temas, mas a grande maioria são de pessoas com as quais eu sinto que, no mundo offline eu poderia ser sua amiga. É esse tipo de conteúdo que me faz clicar no botão do subscrever - sentir-me próxima de uma pessoa que, provavelmente, nunca irei conhecer na vida real. Admiro o trabalho destas pessoas porque, através das palavras, conseguem dar sugestões, contar as suas histórias e fazer com que o seu público possa retirar algo positivo do seu testemunho. 

 

A questão que coloquei a mim própria foi: que testemunho é que eu dou aqui? Fora os meus textos de opinião relativamente a livros, filmes ou séries, o que é que vocês, leitores, podem tirar daqui? Tremi perante a ideia de que podem retirar muito pouco. O nome do meu blog traduz o seu propósito - queria um cantinho onde pudesse partilhar tudo o que fosse sinónimo de mim. A verdade é que acho que consegui alcançar isso... mas até que ponto é que isso é relevante? 

 

Nessa minha pesquisa por novos blogs para seguir encontrei os mais variados posts, mas houve um tipo que me saltou à vistas: posts de dicas. Dicas de sítios para visitarem, dicas de outfits, dicas de penteados, dicas de maquilhagem, dicas de fotografia, de vídeo, de Instagram e por aí fora. Acho que nunca fiz um post desse género: não tenho jeitinho nenhum para tirar fotografias e não saberia editar como deve ser nem que me pagassem; não compro roupa assim tantas vezes para vos poder mostrar as últimas tendências; o meu Instagram está agora a dar os primeiros passos - porque comecei a seguir as dicas duma dessas bloggers; e por aí fora. 

 

CD55D012-3AF0-48EC-9394-702C523521B7.jpg

 

Que dicas vos haveria de dar, se eu continuo a recorrer a outras bloggers para ler esses posts? Apercebo-me que existe por aí muita gente com jeito para muita coisa - e atenção: isto é dito da forma mais elogiosa possível. Eu aprendo muito com estas bloggers e com estas YouTubers, mas obviamente que me fazem questionar a qualidade do meu conteúdo. 

 

Este post é escrito enquanto desabafo. Não procuro fazer papel de "ai que não percebo nada disto!" nem estou a dizer que vou mudar o conteúdo que publico - até porque nem saberia o que começar a publicar. É apenas uma questão: quando acabam de ler os meus posts, mesmo quando são as coisas mais banais do mundo, o que é que vocês retiram? Ainda a semana passada escrevi apenas sobre o facto de ter apanhado uma constipação. 

 

Não digo que vos queira mudar a vida com o impacto inigualável das minhas palavras. Mas gostava de vos dar algo, para além de palavras. Temo que não vos ofereça nada, mas isso só vocês é que podem dizer. Acho que preciso da vossa ajuda para perceber se vou ter que repensar a qualidade dos meus posts e daquilo que faço por aqui. É que gosto mesmo disto, e não queria estragar nada. Enfim, foi só um desabafo. 

 

5788AF87-DF7A-4133-85B9-02E8E28E1354.jpg

 

Update: este post foi escrito há algum tempo e depois de muito pensar cheguei a novas conclusões. Estou para lá de entusiasmada com o que aí vem e vou trabalhar ainda mais e melhor por aqui. Hoje ouvi uma das minhas maiores inspirações dizer "eu sei que se tudo o resto que faço se desmoronar de um momento para o outro, vou sempre ter o meu blog. Foi lá que comecei e é lá que vou acabar." e apercebi-me que é exatamente isso que sinto. No entanto, gostaria de ouvir a vossa opinião na mesma. Mas queria também dizer-vos que cheguei à conclusão que jamais poderei cometer o erro de começar a criar conteúdo que - tal como o próprio nome diz - não fosse sinónimo de mim. Este ano vai ser fantástico e vai já começar esta semana!

 

Pensar e pensar é (Sinónimo de) Carmezim.

Marta.

7 comentários

Comentar post

Sinonimo de Carmezim

Por detrás deste blog está a Marta. Com 22 anos, saloia de gema, criou este cantinho onde vão poder encontrar tudo o que é sinónimo da sua pessoa.

ÚLTIMO VÍDEO

instagram

Find me on facebook

Parcerias

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.